3 ferramentas para você se conhecer melhor

Autoconhecimento pessoal: 3 ferramentas para você se conhecer melhor

“De todos os conhecimentos possíveis, o mais sábio e útil é o conhecer a si mesmo” 

(William Shakespeare)

autoconhecimento

Cada um de nós vive, dia a dia, o nosso próprio sonho pessoal. Podemos estar conscientes ou não de cada passo, mas eles estão aí. Nos conduzindo como se fossem um guia.

Quando falamos de conseguir atingir nossas metas, propósitos e materializar os nossos desejos pessoais, o autoconhecimento é uma ferramenta essencial.

São muitos os que enfrentam mudanças contínuas em suas vidas pessoais e profissionais. Dentro de nossa busca pelo bem-estar e crescimento interior, podemos repensar muitas coisas que nos permitem nos conhecer e nos orientar para o que nos satisfaz e para o que melhor sabemos fazer.

Conhecer os objetivos que temos e as ferramentas para os conseguir atingi-los é o primeiro passo a ser dado em direção ao que nos propusemos a fazer.

É verdade que falar sobre nós mesmos, em algumas ocasiões, pode ser difícil. Nós sentimos que nos conhecemos e que sabemos a respeito de nós próprios, mas poucas vezes paramos para pensar, refletir e escrever nossas metas. Não paramos para analisar e ter consciência das características que facilitarão ou dificultarão atingir as metas.

Para isso, é importante e necessário objetivar o que sabemos sobre nós mesmos e sobre o nosso interior como seres humanos.

Seria bom se valorizássemos a importância do autoconhecimento para cada um de nós e, também, asferramentas que nos ajudariam a nos conhecer melhor.

– A linha da vida. Esta ferramenta permite que você crie uma linha horizontal que representa a sua vida. Nesta linha, você marcará um ponto médio que representa o agora. Em seguida, comece a incluir as diferentes situações e experiências que tenha vivido no passado. Assim, você poderá se tornar consciente daquilo que considera relevante em sua vida.

A segunda parte consistirá em preencher parte de seu futuro, assinalando seus objetivos mais próximos e mais afastados no tempo.

Ao finalizar esta linha da vida, convido você a refletir sobre o que tem vivido e sobre como se propõe conseguir e atingir os objetivos marcados para o seu futuro.

– Ter um diário de emoções. Sinta conscientemente as emoções como tesouros, já que o poder delas em nós é imenso. Escutar as nossas emoções pode contribuir para revelar muitos detalhes sobre nós mesmos, sobre outras pessoas ou diferentes situações. Devido a isso, o diário emocional é considerado uma técnica para facilitar o autoconhecimento.

Estar consciente de seu próprio estado emocional, conhecer quais são as emoções que mais se repetem em seu dia a dia, ou a origem delas, entre outras manifestações, poderá fazer com que você tenha um maior autoconhecimento em qualquer fase de sua vida que deseje. 

“A chave para gerenciar os outros de maneira efetiva é aprender a se gerenciar primeiro. Quanto mais você conhece a si mesmo, melhor poderá se relacionar com os demais, a partir de uma posição de confiança, segurança e força” 

(Weisinger)